The Evil Ernie – Megadeath is coming.

Caros amigos, não tenho a pretensão de com esse tópico específico mudar a visão a opinião de ninguém. Apenas espero conseguir levar um pouquinho de luz àqueles que, por falta de conhecimento, ficam na “escuridão” do preconceito e da ignorância. Digo isso porque muitos, tal como eu não tiveram a oportunidade de ter em mãos um exemplar de uma das revistas da finada editora Chaos Comics, do gênio Brian Pulido, criador de personagens fantásticos e sombrios tais como Lady Death, Lady Demon, Purgatory e Chastity entre muitos outros.

Acredito que muitos dos amigos que pertençam a esse nova geração de colecionadores de quadrinhos e action figures não devam ter ouvido falar desses personagens. Muitos outros, contudo, já ouviram mas nunca tiveram a oportunidade de ler um exemplar da revista ou sentir nas mãos a beleza dos bonecos esculpidos por Clayburn Moore.

Foi pensando nesses colecionadores que resolvi elaborar esse post que, a um só tempo, resgata uma parte muito gostosa da minha juventude recente e apresenta esses personagens sombrios, violentos, complexos e belos aos amigos mais novos adeptos do colecionismo.

Resolvi, por uma questão escancarada de predileção, começar escrevendo sobre o cruel Evil Ernie, que foi a primeira figura de ação esculpido pelo Moore que eu comprei.

Evil Ernie, conhecido em vida pelo nome de Ernest Fairchild, era um garoto normal nascido e criado em uma família altamente religiosa. Contudo o rapaz, franzino e tímido, tinha muitos problemas em sua vida pessoal. Na escola ele era considerado uma aberração (freak) pelos bully’s (valentões) locais que o viviam importunando. Em casa o cenário não era mais agradável, já que seus pais achavam que o filho estava possuído por alguma entidade demoníaca, em razão de alguns poderes mentais (telecinésia, pirocinésia telepatia) que ela havia apresentado.

Por essa razão Ernie, que não tinha pleno controle de suas habilidades extra-sensoriais, foi espancado e castigado severamente pelos próprios pais.

Como, apesar de todas as tentativas de “exorcisar” o menino falharam, o Sr e a Sra Fairchild resolveram internar seu filho em um sanatório. O médico responsável pelo “Instituto” à época, intrigado com as habilidades únicas de Ernie, o submeteu a várias experiências bizarras, dolorosas e cirúrgicas para tentar compreender a origem de seus poderes mentais. Em razão disso, após um surto psicótico, Ernie, que já apresentava um certo controle de suas habilidades únicas, conseguiu escapar do sanatório e voltou para casa para vingar-se de seus pais pelas agruras que havia sofrido. Lá chegando, não conseguindo conter o ódio represado em seu coração por tanto tempo, Ernie matou cruelmente seus pais, sendo preso e condenado por esse crime. Como pena ele teve de voltar para o sanatório e para os cuidados do médico que lhe havia torturado anteriormente.

O cientista, agora decidido a desvendar os mistérios existentes na mente do menino, aumentou terrivelmente o número de “experimentos” científicos agonizantes sendo que com isso ele não só não obteve sucesso na sua pesquisa como também matou a sua cobaia.

No inferno, já com grande controle de suas habilidades, Ernie conseguiu destaque enfrentando e subjugando outros seres sombrios poderosos. Agora, seu corpo (ou o que sobrou dele) se misturou com as almas que ele aprisiona no seu abdômen, aos poderes e magias arcanas, o que lhe conferiu grandes força e agilidade. Sua habilidade mental natural lhe permite invocar e controlar os mortos e Smiley, o botton psicótico(que é um botton falante de origem ainda não esclarecida por completo), que fica preso à sua jaqueta de couro, elevou seus poderes regenerativos a um nível extremo. Logo, não importa se Evil Ernie é explodido, triturado, moído, ele sempre consegue se reerguer inteiro.

De posse de todas essas habilidades, e munido do ideal Ernie resolveu voltar á superfície de promover a megadeath, ou seja, o extermínio de toda a raça humana, para que sobre o seu comando, uma nova sociedade composta exclusivamente por seres abissais seja erguida.

Esse ideal acaba por criar uma guerra entre vivos e mortos-vivos, num cenário bem apocalíptico, no qual o grupos humanos de resistência ainda tentam desesperadamente debelar o mal que se lhes acomete.

Sobre a figura de ação, há coisa de alguns oito anos bastaria dizer que ela havia sido esculpida pelo mestre Clayburn Moore. Hoje em dia, contudo essa informação não basta para o colecionador iniciante. O boneco é uma réplica exata e perfeita desse carismático carniceiro. Ele mede pouco mais de 15 cm de altura e apresenta pintura e escultura primorosas. O rosto da figura é idêntico ao do personagem dos quadrinhos, seus braços descarnados estão perfeitamente esculpidos e pintados e o seu abdômen, que é o seu receptáculo de toda a magia arcana, está maravilhoso. A escultura é tão perfeita que a até os buracos de bala e os rasgos na roupa do personagem receberam uma atenção especial.

Quanto às articulações, tradicionalmente, os bonecos esculpidos pelo Moore não as apresentam em grande número. Certa vez, inclusive, em uma entrevista para a revista americana Toy Fair, o escultor declarou preferir a forma à “posabilidade” da figura de ação.

Essa característica, contudo, é um mero detalhe se se considerar a beleza do personagem, que possui articulações na cabeça (que fica comprometida por causa do cabelo grande), ombros, cintura e pernas.

Na cartela, acompanham o boneco, duas facas e um machado ensangüentados, um rifle e uma base com o símbolo da Chaos Comics para facilitar o posicionamento em pé do boneco.

Acredito que com isso eu tenha conseguido expor com clareza e objetividade a história desse personagem e demonstrar a obra de arte que é o seu boneco.

Espero que tenham gostado e []’s a todos.

Uma resposta to “The Evil Ernie – Megadeath is coming.”

  1. Caco o Sapo Says:

    Ótimo review, bacana o que você está fazendo!!! Tenho algumas das garotas Moore, como você, e acho perfeitas!
    Abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: